Benefícios e Malefícios do Sal e Açúcar Refinados

Utilizados para realçar o sabor dos alimentos, o sal e o açúcar também são considerados grandes vilões da alimentação saudável. Já que se atribui a eles um dos principais problemas de saúde; hipertensão e obesidade. No entanto, o título pode soar injusto se levarmos em conta a importância dos dois para o funcionamento do organismo, como qualquer ingrediente, basta consumir com moderação para evitar alterações de saúde.

O sal de mesa é conhecido como o cloreto de sódio, ele tem a função de regular e conter o volume de água que passa pela membrana celular. O sódio também ajuda a controlar a pressão sanguínea e é responsável pela transmissão de impulsos nervosos.

Já o açúcar é uma das principais fontes de energia para o nosso corpo. Ao ser ingerido, o pâncreas libera insulina para que a glicose seja quebrada e enviada às células, também ajuda no funcionamento do cérebro, da retina e dos rins.

O que transforma eles em bons ou ruins é o consumo excessivo. No caso do sal, o sódio acaba sobrecarregado as células, provocando a retenção de líquidos e, consequentemente, uma série de doenças. Ele está associado a hipertensão arterial, acidente vascular cerebral, hipertrofia do músculo do coração, osteoporose, câncer de estômago e até catarata, segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia. O açúcar, por sua vez, quando consumido além da conta, causa diabetes, obesidade, depressão, baixa a imunidade, entre outras doenças.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda que a ingestão de açúcar ingerida diariamente seja de 25 gramas por dia ( 6 colheres de chá) o que corresponde a 5% do total energético diário , em uma dieta de duas mil calorias, por exemplo. No Brasil, a média de consumo é três vezes maior do que a recomendado, segundo dados da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). Cada brasileiro consome entre 51 e 55 quilos de açúcar por ano, enquanto a média mundial por habitante corresponde a 21 quilos por ano. O açúcar é um composto orgânico, que se apresenta de variadas formas. Por exemplo, o que está presente nas frutas é a frutose, no leite é a lactose e na cana de açúcar é a sacarose. Esta última é do tipo refinado, o mais consumido no mundo, usado para adoçar bebidas e para produzir bolos, sorvetes, doces, entre outros produtos.

Nos produtos industrializados, o açúcar é utilizado para tornar a gordura mais saborosa e é adicionado a muitos alimentos e bebidas na forma concentrada de xarope. Uma alimentação com alto teor de açúcar simples (sacarose), além de estar associada ao excesso de peso e obesidade, é também a principal causa das cáries dentárias entre crianças, especialmente as bebidas doces e guloseimas de consistência pastosa

Quanto ao sal, a recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde) é que se consuma menos de 5 gramas por dia. Por aqui, a média chega a ser mais que o dobro do recomendado, 12 gramas.

Lembrando que nosso paladar é adaptável e pode se acostumar com quantidades menores, acredite! Vá progressivamente diminuindo a quantidade utilizada no preparo dos alimentos e confira o quanto de benefícios essa atitude lhe trará.

Se quiséssemos excluir todo o açúcar e sal de nossa alimentação seria algo difícil. Eles estão presentes em vários alimentos de forma oculta, principalmente nos industrializados. Cortar o sal da dieta pode acarretar na má absorção de nutrientes, pressão baixa, tonturas, entre outros. O sódio é muito importante para equilibrar o funcionamento do organismo. O açúcar pode ser excluído da dieta, já que o ingrediente também é encontrado naturalmente nas frutas, conhecido como frutose. O grande vilão é o açúcar refinado, que não tem vitaminas, nem minerais. Por isso faça uso destes alimentos com moderação, e busque tipos de sal e açúcar menos refinados e com mais nutrientes.

Colunista:

Michele de Carvalho 

Nutricionista

Não é necessário comer menos, é necessário comer melhor, descasque mais e desembale menos.

*Ao reproduzir este conteúdo, não se esqueça de citar as fontes.


Caso tenha alguma dúvida sobre o assunto, nos envie suas dúvidas clicando aqui.