Ideias para adiar o FIM do Mundo

O livro fala um pouco sobre nossa relação com o mundo e com as pessoas, com a humanidade. Ele fala sobre como tratamos o mundo e como isso deve mudar para que tenhamos a chance de deixar um mundo próximo do que os nossos descendentes gostariam, já que nós herdamos este mundo e estamos transformando ele de forma tão rápida e intensa que já temos estamos nomeando uma era geológica, o Antropoceno.

A ideia de adiar o fim do mundo está longe de ser sustentável e consumir produtos verdes ,propõe que é necessária uma mudança de hábitos e de postura perante a Terra, deixar de vê-la como recurso e nos vermos como parte dela, de todo um ecossistema, passarmos a incluir outras forma de vivência, deixar de considerar humanidade somente quem está incluído no mercado, aquele que consome.

Basicamente, o livro dá uma cutucada e nos faz pensar sobre nossa relação com o outro e com o nosso entorno, e nos mostra que usar canudo de metal e bolsa reutilizável não vai nos ajudar a aumentar nossa estadia por aqui.