O medo de falar em público

Você já se sentiu assombrado(a) por esse grande vilão?

            Medo de falar em público ou medo da câmera. Esse pânico/medo é chamado de Glossofobia. Várias pessoas já experimentaram algum grau de ansiedade antes de falar em qualquer evento ou em alguma situação pública, no entanto parte dessas pessoas conseguem superar essa ansiedade, não importa quão desagradável possa ser.

Em casos extremos, a pessoa com Glossofobia simplesmente congela antes de se apresentar em público, sentindo ser incapaz de falar quando está diante de outras pessoas.

Essa fobia muitas vezes, traz à tona um sentimento de que, se eu travar e perder minha  autoconfiança  em uma  apresentação, as consequências serão: vergonha, julgamento e não aceitação.

Leia também sobre: Comunicação assertiva. Clique Aqui!

A causa da Glossofobia é desconhecida, porém é possível que seja reflexo de eventos traumáticos do passado ou mesmo atuais levando a pessoa a esse medo de falar em público. Muitas vezes o indivíduo que lida com esta fobia pode evitar falar em público por tanto tempo que o que era uma ansiedade normal, pode se transformar em um pânico quase incontrolável. Outras explicações a serem consideradas são pessoas com baixa autoestima, pessoas que esperam a perfeição em tudo que fazem, que buscam a aprovação constante do outro.

Os sintomas da Glossofobia podem ser apresentados durante o momento de temor, quando ele é obrigado a falar em público, ou até antes. É possível ainda que mesmo durante a simples menção ou do pensamento de uma fala em público estimulem os sintomas. Esses sintomas podem ser físicos, verbais e não verbais:

  • Físicos

Boca seca;

Ataques de pânico caracterizados por sudorese ou tremores;

Rigidez nos músculos das costas e do pescoço;

Voz trêmula ou tensa e fraca;

Náuseas e vômitos em casos extremos;

  • Verbais

É possível observar a repetição de “hums” e “ahs”, e também o excesso de pausas.

  • Não Verbais

           São aqueles que não envolvem a fala: a pessoa pode apresentar tiques com as mãos, bater o pé várias vezes durante a fala, demonstrar estar desconfortável e evitar contato visual.

Observamos que a Glossofobia pode interferir negativamente na vida de muitas pessoas. Sendo assim, é importante procurar ajuda. E essa é uma atitude que demonstra autoconhecimento.  Existem tratamentos para lidar com ela e também com os demais sintomas que podem desencadear essa fobia.

Colunista:

Claudia Pinho

Psicóloga

*Ao reproduzir este conteúdo, não se esqueça de citar as fontes.


Caso tenha alguma dúvida sobre o assunto, nos envie suas dúvidas clicando aqui.


“Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana.” Carl Jung