O que é autossabotagem?

Podemos definir a autossabotagem como um conjunto de atitudes que criam problemas e obstáculos que dificultam a execução de uma tarefa ou objetivo próprio, normalmente isto acontece através de pensamentos negativos que agem de forma contrária às nossas necessidades e desejos.

A autossabotagem, por vezes, é algo comum para a maioria das pessoas, visto que muitos hábitos e rotinas de pensamentos são instaurados ao longo de diversos anos e que inibem a mudanças de perspectivas e melhorias, chamamos isso de “viver no piloto automático”.

Leia sobre: Como ter Inteligência Emocional. Clique Aqui!

Estudos realizados na área da psicologia mostram que a origem da autossabotagem costuma vir de traumas relacionados com experiências vividas durante a infância e a adolescência, sendo que, de maneira indireta, tais experiências traumáticas se transformam em comportamentos negativos e sentimentos ligados ao fracasso.

Os tipos de sabotagem mais comuns são: a vitimização, viver negando suas próprias necessidades e desejos, estar sempre culpando por coisas que fez ou deixou de fazer, procrastinar suas atividades e ser uma pessoa inconstante, daquela não consegue terminar aquilo que inicia.

Faça Psicoterapia: Saiba mais Acessando Aqui! 

Vemos que o primeiro passo para o indivíduo sair do processo de autossabotagem é trazer a consciência a respeito do seus pensamentos e atitudes sabotadores e as consequências que elas trazem, em seguida é aconselhável buscar ajuda psicológica, pois o especialista será capaz de auxiliá-lo não só na identificação da origem da autossabotagem, mas também em meios para erradicar as crenças limitantes e na mudança de comportamentos.

Referências:

https://ead.pucpr.br/blog/autossabotagem

Colunista:

Camila Andrade

Psicóloga

“Existe mais na superfície do que nosso olhar alcança.” – Aaron Beck

*Ao reproduzir este conteúdo, não se esqueça de citar as fontes.


Caso tenha alguma dúvida sobre o assunto, nos envie suas dúvidas clicando aqui.